BrasilOcorrências

VÍDEO: Policial Militar agride e mata esposa após discussão

O caso foi registrado como feminicídio e o homem foi levado em flagrante ao presídio da Polícia Militar

Foi flagrado através de gravações de uma câmera de segurança, o momento exato onde um policial militar agride e saca uma arma e efetua três disparos contra sua esposa após uma briga dentro do carro, na zona norte de São Paulo, durante este domingo (3).

O PM Thiago Cezar de Lima de 36 anos foi preso em flagrante pela polícia pelo assassinato de sua esposa Erika Satelis Ferreira de Lima (33). Eles estavam casados há seis meses, Erika foi atingida por dois disparos e cinco socos e infelizmente não resistiu, com isso, deixa duas filhas de um relacionamento anterior.

Segunndo o portal G1, o crime foi considerado como feminicídio pela 4ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) Norte, e Thiago foi levado para o Presídio Romão Gomes, da PM.

As imagens que estão circulando pela mídia do momento do crime estão sendo analisadas e investigadas pela Polícia Civil, na gravação é possível ver o carro parado, após isso, Erika abre a porta do motorista, dá a volta no veículo e abre a porta traseira, onde estava Thiago. Ela tenta tirá-lo de lá, mas não consegue. Ambos saem do automóvel e começam a discutir do lado de fora.

Em meio a toda a briga, Thiago começa a agressão com socos no rosto de Erika, e em seguida, aperta o gatilho contra a mesma.

Erika já sem equilíbrio, cai batendo sua cabeça no porta-malas do carro, o policial fica desesperado e entra no veículo e foge, instantes depois, se arrepende e retorna ao local do crime e arrasta o corpo da moça para dentro do carro. Mas neste momento, os moradores já saíram de suas casas para saber o que aconteceu, e presenciaram toda a ação de Thiago.

A vítima foi levada até o hospital e teve a confirmação de sua morte. De acordo com o boletim de ocorrência do caso, Thiago confessou ter atirado na esposaapós discussão, mas alega que isso apenas aconteceu porque Erika havia tentado pegar sua arma.

O PM passará por audiência de custódia na tarde desta segunda-feira (4). A Justiça decidirá se Thiago continuará preso ou se responderá o crime em liberdade.

Please follow and like us: