OcorrênciasPCDF

PCDF prende traficante foragido que monitorava o transporte de toneladas de maconha para o DF

A Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da Coordenação de Repressão às Drogas – Cord, cumpriu, nessa quinta-feira (14), em Uberlândia/MG, mandado de prisão preventiva contra um traficante foragido da Justiça do Distrito Federal desde o ano de 2021. A ação ocorreu em virtude de mandado expedido pela 2ª Vara de Entorpecentes do Distrito Federal. De acordo com as investigações, o criminoso é acusado de integrar um grupo que transportava grandes carregamentos de maconha para o DF.

Durante as Operações Virtus I, Virtus II e Poblado, esse  grupo criminoso, integrado por 15 pessoas, foi desarticulado e preso. Três toneladas de maconha foram apreendidas nas ações, porém o traficante responsável pelo monitoramento das cargas da droga ainda continuava foragido.

Durante diligências realizadas pelas equipes da Cord, o envolvido foi localizado e preso em sua cidade Natal, no Estado de Minas Gerais. Vale destacar que, esse mesmo indivíduo, foi o *batedor das drogas apreendidas na Operação Virtus, deflagrada em maio deste ano. Na ocasião, o traficante conseguiu fugir, porém os dois comparsas foram flagrados e presos com uma tonelada de maconha que seria distribuída na capital federal”, explica o coordenador da Cord, delegado Rogério Henrique de Oliveira.

O traficante preso também participou de outra ação criminosa para monitorar e acompanhar o transporte de grande quantidade de maconha que vinha do Estado do Mato Grosso para o DF. Nessa operação, batizada dea Operação Pablado III, ocorrida em novembro de 2022, novamente o criminoso conseguiu escapar da ação policial, sendo dois homens e duas mulheres presas em flagrante com mais de uma tonelada de maconha. Segundo as investigações, o grupo era responsável por financiar a logística do transporte da droga ao DF e ocultar valores obtidos do tráfico interestadual.

Cumpridas as formalidades legais, o homem foi recolhido à carceragem da PCDF, onde permanece à disposição da Justiça.

 *O batedor é o integrante do grupo criminoso responsável por monitorar e acompanhar o deslocamento dos entorpecentes pelas rodovias do País. Ele tem ainda a atribuição de informar aos ocupantes do veículo que transporta a droga se há policiais e ou fiscalização nas rodovias interestaduais. 

Please follow and like us: