Barra Pesada

.


Geraldo_Naves_com_fundo.jpg

 

bannerf

PCGO prende investigado 48h após aplicar golpe do cartão em vítima; homem teria aplicado mais de R$ 500 mil em golpes

Na tarde da última quarta-feira (26), a Polícia Civil tomou conhecimento de um possível estelionato, em Formosa, cuja vítima seria uma senhora de 70 anos.

Com as informações repassadas pela vítima, foram verificadas as câmeras próximas à residência, as auxiliaram na identificação do suposto estelionatário.

Confrontando dados, os policiais civis chegaram à informação de que o estelionatário estava hospedado em um hotel no centro da cidade. Ao chegar no hotel, o investigado já havia feito check-out. O suspeito teria saído rumo à cidade de Águas Lindas.

Na sexta-feira (28), a equipe de policiais civis de Águas Lindas e da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Formosa conseguiu prender, no início da noite, o suspeito Wellington de Sales Souza. Com o suspeito foram apreendidos diversos cartões e várias máquinas de cartão usados na prática dos crimes.

O crime consistia em ligar para as vítimas, em sua maioria idosas, e dizer que o cartão delas havia sido clonado e que, para iniciar uma investigação da suposta fraude, um mensageiro do banco precisaria recolher o cartão cortado ao meio para enviar para um setor de investigação do banco.

Durante a investigação, ficou comprovado que o suspeito chegou à cidade de Formosa na segunda-feira (24) e teria feito pelo menos três vítimas as quais já foram identificadas, além de uma em Águas Lindas. O suspeito ainda tem diversas passagens no estado de São Paulo pelos crimes de roubo, furto e crimes no Estatuto da Criança. Wellington faz parte de uma facção criminosa e teria aplicado mais de R$ 500 mil em golpes nos estados do CE, PB, AL, PE, DF e GO. Outras possíveis vítimas desse mesmo golpe devem procurar a Deam Formosa para dar continuidade às investigações.

A imagem do suspeito está sendo divulgada em razão da primazia do interesse público sobre o privado, no caso em questão, haja vista possibilidade do investigado ter feito outras vítimas, além de contribuir para o aparecimento de outras testemunhas dos fatos em apreço.

 

seg-202_00000--pronto.gif

Moreno-100_00000.gif

Please publish modules in offcanvas position.