Barra Pesada

.

 

Banner_GDF

 

 

Geraldo_Naves_com_fundo.jpg

Virou! Palmeiras atropela o São Paulo, reverte placar e leva o título do Paulistão-2022

Em uma tarde extremamente inspirada, o Palmeiras goleou o São Paulo por 4 a 0, no Allianz Parque, reverteu o placar da partida de ida da final, e levou para casa o seu 24º título paulista.

Com gols de Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga duas vezes, o Alviverde atropelou o rival e confirmou o amplo favoritismo estadual. Foi o quinto troféu de Abel Ferreira em nove decisões disputadas.

Pressão total do Verdão, Tricolor acuado e 2 a 0 nos primeiros 45 minutos

Como era de se esperar, o jogo começou com o São Paulo gastando o tempo de toda a forma que podia, enquanto o Palmeiras tentava acelerar a partida. Melhor para o time visitante, que teve mais êxito nos primeiros minutos. Até que o duelo esquentou quando Raphael Claus foi chamado para analisar um possível pênalti no VAR, mas acabou negando a recomendação. Seguiu o jogo.

Dali em diante, o Verdão cresceu, e em uma jogada de bate e rebate quase abriu o placar com Danilo. Mas isso viria aos 21 minutos, quando Scarpa combinou escanteio curto com Marcos Rocha, cruzou para área, a bola desviou e sobrou para Danilo, de cabeça fazer 1 a 0 para o Alviverde. Restava ainda um bom tempo para a equipe buscar o segundo para igualar o placar agregado.

Não demorou muito, e aos 28 minutos, aproveitando a instabilidade do São Paulo, que não conseguia jogar, o Verdão chegou ao segundo tento. Veiga cruzou forte para a área, a bola rebateu e sobrou para Zé Rafael finalizar na trave, mas que depois foi para o fundo do gol. 2 a 0 para o time da casa. O VAR chamou Claus para analisar uma possível falta na origem do lance, mas o árbitro confirmou o gol e o empate do Palmeiras em 3 a 3 no agregado.

Enquanto o São Paulo juntava os cacos e buscava levar algum perigo ao rival, o Alviverde crescia ainda mais na partida. Mesmo sem Rony, que saiu machucado para a entrada de Gabriel Veron, a equipe criou o suficiente para já fazer o terceiro ainda na primeira etapa, mas as conclusões não vieram. Gómez e Murilo se atrapalharam em um lance, e Scarpa quase marcou um gol olímpico. Dessa forma, o duelo foi para o intervalo com a vantagem palmeirense.

Ainda coube mais dois para o Palmeiras levar o título paulista de 2022

Empolgado pelo placar na primeira etapa, o Palmeiras começou o segundo tempo com tudo. Em uma jogada espetacular de Dudu com Raphael Veiga, o camisa 7 deixou Diego Costa na saudade, cruzou para o camisa 23, que desviou e matou Jandrei, marcando o terceiro alviverde ampliando para 3 a 0. Lado esquerdo tricolor, que havia acabado de sofrer uma alteração, levou um baile.

Com a desvantagem no placar, o São Paulo tentou equilibrar o jogo, mas tinha muita dificuldade na criação das jogadas, e chegava mais nas bolas paradas. Em um lance de mais perigo, o Tricolor trabalhou bem até Alisson, que arriscou finalização de fora da área, mas por cima do gol. Enquanto isso, o Palmeiras tentava neutralizar as jogadas do adversário e fugir em contra-ataques.

Nessa toada, aproveitando saída errada do São Paulo, Zé Rafael desarmou perto da área adversária e tocou para Gabriel Veron, que acionou Raphael Veiga, que chutou na saída do goleiro Jandrei e marcou o quarto gol para sacramentar a goleada sobre o Tricolor e confirmar o título paulista.

Já sem reação, o São Paulo tentou apenas administrar o jogo para não levar mais gols, em um dos maiores desequilíbrios técnicos na história do clássico. Enquanto o Palmeiras, começou a festa e ainda viu Rafinha ser expulso.

FICHA TÉCNICA PALMEIRAS 4 x 0 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data-Hora: 3/4/2022 - 16h

Árbitro: Raphael Claus Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Inês Back VAR: Thiago Duarte Peixoto

Público/Renda: 31.836 pagantes/R$ 2.772.491,62

Cartões amarelos: Wesley, Raphael Veiga e Gustavo Gómez (PAL) Luciano e Luan (SAO)

Cartões vermelhos: Rafinha, aos 44'/2ºT (SAO)

Gols: Danilo (21'/1ºT) (1-0), Zé Rafael (27'/1ºT) (2-0), Raphael Veiga (2'/2ºT) (3-0), Raphael Veiga (35'/2ºT) (4-0)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Dudu (Mayke, aos 39'/2ºT), Gustavo Scarpa (Wesley, aos 39'/2ºT) e Rony (Gabriel Veron, aos 34'/1ºT). Técnico: Abel Ferreira.

SÃO PAULO: Jandrei; Rafinha, Diego Costa, Léo e Welington (Arboleda, no intervalo); Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Nikão, 27'/2ºT), Igor Gomes e Alisson (Patrick, aos 37'/2ºT); Éder (Luciano, aos 9'/2ºT) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

 

 Abertura-Barra-Pesada-GIF-007.gif

 

 

capital-ondonto-6-GIF.gif

Please publish modules in offcanvas position.