Barra Pesada

.

 

giff completo


Geraldo_Naves_com_fundo.jpg

 

728X90 HAPPY HOUR

PCDF prende músico e universitário por tráfico de drogas

Na noite de ontem (01/04/2021), policiais da 38ª DP deflagraram a operação Bogotá e prenderam em flagrante delito dois jovens de 21 e 22 anos pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Os dois moravam juntos em Águas Claras e realizavam o comércio ilícito de porções drogas através de aplicativos de conversas instantâneas e pelas redes sociais, atendendo usuários de Águas Claras e Vicente Pires.

Os autores, um músico e um universitário, atuavam com a venda de maconha do tipo colômbia e estavam sendo investigados há uma semana.

A operação foi deflagrada após os policiais receberem a informação de que a dupla iria realizar uma entrega de droga para um usuário que estava hospedado em um hotel de Águas Claras. Após cerca de quatro horas de campana, os policiais abordaram o universitário logo após ele estacionar seu automóvel. Em buscas no veículo foram encontradas três pequenas porções de maconha colômbia já embaladas para difusão ilícita.

O autor decidiu colaborar e confessou que possuía outra porção em sua residência, tendo ainda informado que seu comparsa também se encontrava em casa. Em buscas na residência os policiais encontraram, uma outra porção de maconha, uma balança de precisão, o aparelho de telefone celular utilizados pelos autores para realizarem as transações ilícitas.

Fora apurado que o músico era o responsável pelas negociações ilícitas e que o universitário era quem, utilizando o seu próprio veículo, realizava a entrega das drogas para os usuários. Com o lucro obtido, os jovens arcavam com o pagamento das contas domésticas e alimentavam o seu vício ilícito naquele mesmo entorpecente.

Os autores cobravam o preço de R$ 25,00 o grama da droga comercializada. Cada saquinho apreendido pesava 4g e seria vendido por R$ 100,00. As quatro porções de maconha encontradas em poder dos autores totalizavam o peso de 39 gramas e estava avaliadas em R$ 975,00.

A dupla foi presa em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Somadas as penas de tais delitos alcançam 25 anos de prisão.

Assessoria de Comunicação/DGPC

Please publish modules in offcanvas position.