Barra Pesada

.

 

Geraldo_Naves_com_fundo.jpg

Grupo abatia cavalos e vendia 800 quilos de carnes, por semana, para hamburguerias

Operação Hipo foi realizada pelo Gaeco, na manhã desta quinta-feira (18)

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) realizou uma operação para desarticular uma organização criminosa que abatia cavalos clandestinamente e vendia as carnes para hamburguerias da cidade de Caxias do Sul.

Ao todo, 15 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, além de seis mandados de prisão preventiva, na manhã desta quinta-feira (18).

Segundo o MPRS, foram apurados os crimes contra as relações de consumo e contra a saúde pública na Operação Hipo.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) investigou que o grupo abastecia estabelecimentos com grandes quantidades de carne através de hambúrgueres e bifes.

As suspeitas foram confirmadas em perícias, que identificaram a presença de DNA de cavalo nos lanches. Conforme o órgão, também eram misturadas carnes de peru e suínos.

De acordo com o promotor de Justiça, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, eram distribuídos cerca de 800kg de carne semanalmente.

Conforme as investigações, ficou comprovado que a organização criminosa não possui autorização para abater e comercializar nenhum tipo de carne, especialmente sem fiscalização, colocando em risco a saúde dos consumidores.

 

 Abertura-Barra-Pesada-GIF-007.gif

 

 

capital-ondonto-6-GIF.gif

Please publish modules in offcanvas position.