Barra Pesada

.

 

Geraldo_Naves_com_fundo.jpg

Barra Pesada

Homem é preso por violência doméstica em Goiânia

Os moradores de um condomínio no Eldorado Parque, região sudoeste de Goiânia, assustaram com o barulho de um veículo VW Gol, de cor vermelha, que invadiu a calçada da rua lateral do prédio, voltou para a via e em seguida uma mulher saiu do carro, em sentido contrário, gritando por socorro.

Nesse momento, um homem também desceu do veículo, alcançou a mulher, agressivo, embriagado, arrastando-a pelo braço.

Eram 23h30 de sábado (15), os moradores que presenciaram a violência começaram a gritar chamando a atenção do agressor, mandando que ele soltasse a mulher e parasse com a agressão, entre outros xingamentos.

O suspeito, diante da manifestação dos moradores, começou a proferir insultos, chegando a falar que “encheria” a cara deles (moradores) de bala.

Uma moradora do condomínio, que é policial militar e também visualizou as agressões, desceu para tentar socorrer a mulher, contudo o homem empurrou a garota para dentro do carro e arrancou com o veículo.

Foram feitas buscas nas imediações no intuito de localizá-los, mas ao retornar, descobriu-se que o agressor tratava-se de um morador, já havia entrado juntamente com a vítima, sendo que ela estava chorando e com o rosto sangrando.

Constam relatos de vizinhos que moram na mesma torre sobre a prática de violência psicológica e moral, envolvendo o suspeito com relação à vítima. Policiais Militares do 42° BPM foram acionados e constataram no apartamento do casal que o sujeito estava completamente alterado, agressivo, coagindo a mulher.

Ele resistiu a voz de prisão, sendo necessário a presença de reforço policial para contenção.

Amedrontada, a jovem de 23 anos expressou não ter interesse em fazer o registro da ocorrência, coagida, não quis denunciar o marido.

Com base na Lei Maria da Penha, quando há agressão física, o Auto de Prisão em Flagrante independe da vontade da mulher.

O homem de 33 anos afirmou ter de passagens por porte ilegal de arma de fogo.

Ele foi imobilizado e preso em flagrante por desobediência, ameaça a policial de folga que testemunhou as agressões e por lesão corporal praticada contra a mulher, por razões da condição do sexo feminino.

Fonte: PMGO

 

GDF_ParaTodos_Banner_300x250px.gif

 

 

capital-ondonto-6-GIF.gif

Please publish modules in offcanvas position.