Barra Pesada

.

 

Banner_GDF

 

 

Geraldo_Naves_com_fundo.jpg

Boliviano é preso por tráfico de drogas durante operação da PC na capital mineira.

O principal alvo era um suspeito de aplicar golpes de estelionato na Região Metropolitana de BH. Além deles, um terceiro homem foi preso.

Um boliviano de 37 anos foi preso, apontado como líder de um esquema de venda de drogas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A prisão aconteceu nesta segunda-feira (13) durante uma investigação da Polícia Civil que apurava um suposto crime de estelionato.

O principal alvo da operação era um homem de 43 anos, suspeito de aplicar os golpes.

Os policiais foram até uma empresa no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, onde as mercadorias obtidas por meio de estelionato seriam retiradas.

No local, um homem de 49 anos estava retirando os itens quando foi abordado.

Ele contou que trabalhava como motorista de aplicativo e disse que estaria levando o material para o suspeito, que estaria em Ibirité.

Ao ver a chegada das viaturas no escritório, o suspeito de estelionato tentou fugir, mas foi detido.

No apartamento, os policiais encontraram vários objetos usados para aplicar golpes em empresas, como carimbos que funcionam para dar credibilidade às negociações com vendedores.

Além destes materiais, o motorista também estava carregando drogas dentro do carro.

Os levantamentos levaram os policiais até o bairro Santa Cruz, em Belo Horizonte.

Lá, foram encontrados mais de 1.300 pinos de cocaína, maconha e outras drogas.

Também foram apreendidas 50 munições e cinco carregadores, além de dois veículos.

O suspeito de 49 anos tem ligações com o tráfico.

Ele distribuía as drogas em várias cidades da Região Metropolitana.

O esquema era liderado pelo suspeito boliviano.

As drogas encontradas iriam abastecer um novo ponto de vendas na região da Pampulha.

O estrangeiro já possui registros policiais e de prisão por crimes semelhantes.

O motorista e o boliviano foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

Já o suspeito de 43 anos foi preso em decorrência das investigações pelo crime de estelionato.

Todos foram encaminhados para a Delegacia, junto com os materiais apreendidos.

 

 Abertura-Barra-Pesada-GIF-007.gif

 

 

capital-ondonto-6-GIF.gif

Please publish modules in offcanvas position.